quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Violência e omissão policial colocam em risco a vida e a dignidade humana!!!

Brasília – DF, 22 de outubro de 2015.

Mais uma vez, a Polícia Militar do DF, a mais bem paga e melhor estruturada do Brasil, nega socorro a um jovem de periferia, que baleado é obrigado a aguardar aproximadamente uma hora a espera de uma ambulância.

O fato aconteceu na noite do dia 20 de outubro, em Mestre d'Armas, Planaltina – DF, quando por volta de 20h30, Breno Lopes, foi atingido por um tiro, durante uma tentativa de homicídio. Logo após o ocorrido a polícia chegou ao local, e no lugar de atender o ferido, nada fez. Quase uma dezena de viaturas da PM/DF chegou ao local. Os populares tentaram levar o jovem para o pronto socorro do Hospital Regional de Planaltina, sendo impedidos pelos policiais, que ameaçaram jogar spray de pimenta para que a população nada fizesse a fim de socorrer a vítima.

Não foi a primeira vez que a PM age assim.

No início deste ano, após uma colisão durante uma fuga policial, seis pessoas morreram, tendo a polícia ironizado e satirizado a situação, conforme imagens feitas durante o fato mostrando um garoto de agonizando e o policial fazendo chacotas.

Não aceitamos essa violência. Quando a própria polícia não é autora de atos de violência contra a juventude, negra e pobre da periferia de Brasília, no lugar de cumprir seu papel, omite-se, como ocorreu nos dois casos citados, com jovens de Mestre d'Armas.

É preciso dar um basta a essa situação. É preciso punir exemplarmente os policiais que, em nome do estado, deveriam dar segurança a população, mas praticam crimes, seja pela ação ou pela omissão.

Manifestamos nossa solidariedade a juventude da periferia, que tem sido vítima constante da truculência, da violência e do desrespeito policial.

Exigimos que o governador Rodrigo Rolemberg se posicione, pois a sua omissão o faz conivente com a violência praticada pela PM que tem ele como comandante.



Assinam:

Movimento Cultural de Olho na Justiça
Casa de Cultura Carlos Mariguella
Refundação Comunista – DF
Levante Popular da Juventude
Projeto Palavra Quebrada - Wil Melo
Agenda Quebrada
Casa Frida - São Sebastião – DF
Organização Viva Vida – Hélio Rosa
Intersindical
DF em Movimento
Trupe do Filme
Secretaria da Mulher do PT/DF
Consulta Popular – DF
Rede Nacional de Advogados e Advogadas Populares – DF
Movimento Kizomba
Cineclube Olga Benário – Vila Planalto – DF
Movimento de Adolescentes e Crianças – MAC
Movimento de Meninos e Meninas de Rua do Distrito Federal – MMMR/DF
Centro de Referência Estudos e Ações sobre Crianças e Adolescentes – Cecria
Assembleia Nacional dos Estudantes Livres – ANEL
Pastoral da Juventude da Arquidiocese de Brasília – PJ/DF
Rua – Juventude Anticapitalista
Comissão de Direitos Humanos do Conselho Regional de Psicologia – CDH/CRP
Centro de Defesa da Criança e do Adolescente – CEDECA
Pe. Geraldo M.L. Nascimento, jesuíta.



0 comentários:

Editado por iMaque - Soluções em Sustentabilidade