quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Trabalhador rural é assassinado na Paraíba com tiro de espingarda 12

Companheiros(as),

http://www.azulmarinhocompequi.com/2010/11/trabalhador-rural-e-assassinado-na.html


Estamos profundamente tristes com o ocorrido da ultima sexta feira que vitimou Jorge Aleixo de forma barbara e covarde, mas queriamos relembrar alguns acontecimentos que tornaram mais tenso este conflito.


1) A fazenda Poço é um dos 06 imoveis abandonado a muitos anos que pertenceu ao medico pernambucano Agrimar Leite, beneficiado pelos projetos da SUDENE. Por deixar muitas dividas na região a referida fazenda foi repassada ao Sr. Ademar Farias no inicio do ano passado, portanto não levaram em conta as 23 familias que já estavam trabalhando por lá desde 2005.


2) Ademar Farias entrou com um pedido de desocupação e antes que a justiça ouvisse as partes o mesmo deu um prazo para que as familias deixassem o local, mas as familias resistiram e com as audiencias o


processo foi suspenso. A partir dai começa uma serie de novos eventos com ameaças de expulsão, uso indevido da força policial, boletins de ocorrencia, audiencias etc.


3) Na ultima sexta feira (12/11) Quando Jorge voltava para casa foi surpreendido por duas pessoas numa moto que o alvejou com um tiro de espingarda calibre12. Segundo a pericia o crime foi premeditado pois


não havia sinais de luta corporal ou roubo e o lugar era muito esquisito. Existe falas de que Jorge não tinha inimigos e suas relações com amigos e familiares era muito boa.


CPT de Campina Grande -PB

0 comentários:

Editado por iMaque - Soluções em Sustentabilidade